Blog da Auto Europe


Turista ou viajante? O que fazer ou não fazer durante as suas viagens!

Quer viaje para cidades diferentes dentro do seu país ou para o outros países, irá certamente notar que as coisas não funcionam da mesma forma que em “casa”. Conhecer a cultura do lugar que vai visitar e saber o que esperar pode melhorar e muito a sua experiência. E as diferenças culturais são o que tornam a experiência de viajar tão enriquecedoras. Portanto,se o taxista parecer impaciente ou o seu café demorar uma eternidade, não se chateie. Lembre-se que está num lugar maravilhoso!

Este pequeno guia traz-lhe algumas dicas sobre comportamentos a evitar em determinados países para que possa aproveitar ao máximo as suas viagens! Afinal, “Em Roma…”

 

França

Não ofereça um aperto de mão quando o beijo é esperado: regra geral, se a pessoa que cumprimentar for uma mulher, o aperto de mão não é educado. E apesar de ser indelicado recusar o “beijo”, sugeri-lo pode não ser uma boa ideia caso não conheça bem a pessoa em causa. Em caso de dúvidas, deixe a outra pessoa decidir e aja de acordo.

Não ofereça cravos vermelhos aos seus amigos: em França é considerado um símbolo da má vontade.

 

Itália

Rent a car RomaNão espere que as coisas funcionem como no seu país: um dos motivos para visitar outros lugares é poder vivenciar as diferenças. Portanto, mesmo que por vezes essas diferenças possam ser frustrantes, tente aceitá-las. Lembre-se que mesmos os aspectos que parecem ser negativos numa cultura desenvolveram-se por alguma razão, mesmo que esta razão não seja muito clara. Tente manter uma atitude flexível e positiva em todas as situações.

Evite os restaurantes onde os menus estão traduzidos numa infinidade de línguas: os italianos levam a comida muito a sério,mas isso não impede alguns restaurantes de tentarem tirar proveito das pessoas que não estão muito familiarizadas com a cozinha local, oferecendo pratos de baixa qualidade a preços altos, principalmente em grandes centros turísticos. A maior parte deles tem menus traduzidos em todas as línguas (ou quase todas, sem exagero). Não é necessário falar italiano para comer bem em Itália. Faça uma pequena pesquisa com os pratos típicos dos lugares onde vai visitar e tente encontrar os lugares escolhidos pelos locais. E acima de tudo, entre no restaurante com um sorriso e um espírito de aventura. De certeza que os empregados terão todo o prazer em sugerir as melhores opções.

Não peça comida/bebida ao balcão e leve para a mesa: o serviço de mesa é feito à mesa. Se assim o preferir, sente-se ao balcão e aprecie essa mesma comida/bebida a um preço inferior.

 

Áustria

Não peça água da torneira: pode parecer estranho, principalmente considerando a água canalizada na Áustria é de grande qualidade, vinda directamente dos Alpes e provavelmente de melhor qualidade do que a água engarrafada em muitos países, mas pedir água da torneira é considerado falta de educação. Em algumas situações os donos dos restaurantes chegam mesmo a cobrar por um copo de água. Se isso acontecer, peça para ver o menu, por lei, todos os itens vendidos devem ter um preço e isso inclui a água da torneira se a mesma for vendida. Mas para evitar problemas, peça uma garrafa de água mineral(“Mineralwasser ohne Kohlensäure”). Curiosamente, nos cafés tradicionais o café é sempre servido com um copo de água da torneira, sem custos extras.

Aperte a mão de todos os presentes na sala: enquanto que em alguns países pode ser confuso determinar quem, quando e como apertar a mão, em outras nações, como a Áustria, deve apertar a mão de todos os presentes quando entra numa sala. Assim pelo menos não tem de adivinhar.

 

Espanha

Não espere encontrar comida vegetariana variada: os vegetarianos poderão não ter a vida muito facilitada em Espanha, o país do jamon e do chorizo e onde o porco é “rei”. Não é que não existam vegetais no país, na verdade há uma grande variedade de vegetais o ano todo mas normalmente são preparados como aperitivos ou acompanhamentos. Nas cidades grandes poderá encontrar uma maior variedade mas não espere encontrar tofu num bar local ou numa tasca. Se pretende manter os seus hábitos alimentares terá de se contentar com saladas, produtos lácteos e frutas.

Não passeie pelas ruas da cidade em bikinis ou calções de banho: além de ser spanish-tapas-150x150considerado inadequado e de mau gosto, é ilegal em algumas cidades costeiras como Málaga, Barcelona e Palma de Maiorca. Se for apanhado pode ser multado e o valor está entre os 100 e os 200 euros.

Não subestime as tapas, especialmente se estiver a viajar com um orçamento reduzido: não só são uma excelente forma de mergulhar na cultura espanhola e experimentar a gastronomia local, como também são uma óptima forma de reduzir os gastos. Normalmente são oferecidos a um preço muito baixo ou até mesmo gratuitamente quando pede uma bebida em lugares como Granada e Madrid.

 

Alemanha

Não caminhe na ciclovia: está marcada a vermelho e há razões para tal. Primeiro porque é estritamente proibido e segundo porque poderá ser “insultado” ou atropelado ou ambos por um ciclista.

Nunca deite garrafas de água vazias no lixo: se o fizer estará a deitar fora 25 cêntimos. Isso porque quando compra uma garrafa de água, paga os 25 cêntimos em cima do preço indicado e esse montante é-lhe reembolsado quando devolve a garrafa. Este custo adicional serve para incentivar as pessoas a fazerem reciclagem das garrafas de plástico em vez de misturá-las com o lixo comum.

Nunca atravesse a estrada se o semáforo estiver vermelho: deve esperar até que o sinal mude para verde. Atravessar a estrada longe das áreas designadas para o efeito não é tolerado e pode resultar em multas.

 

Grécia

FullSizeRenderNunca aponte a palma da mão com os dedos estendidos a alguém: o Moutza, como é conhecido na Grécia é um gesto extremamente ofensivo. A única coisa pior é o duplo Moutza, feito com as duas mãos. Se tiver de sinalizar o número 5 por exemplo, certifique-se que o faz com a palma da mão virada para si.

Não esqueça o presente: é uma prática comum levar flores ou um pequeno presente ao anfitrião quando convidado para um jantar por gregos. Flores, chocolates ou uma garrafa de vinho de boa qualidade são normalmente muito populares. Presentes caros podem ser oferecidos mas apenas em situações em que o anfitrião possa retribuir sem desconfortos.

Não insista em pagar a conta se estiver com os seus amigos gregos: faça a oferta e deixe-se ficar por aí. Insistir pode ser considerado um insulto.

 

Holanda

Evite o contacto físico exagerado em público: Regra geral os holandeses são muito reservados e evitam gestos expansivos como abraços e palmadas nas costas.

Nunca use um tom paternalista com um holandês: a cultura holandesa enfatiza que todos são iguais e como tal nenhum cidadão deve ser tratado como servente. Seja educado com todos independentemente da sua posição hierárquica.

Não espere para ser sentado quando entra num restaurante: normalmente os clientes escolhem uma mesa que esteja livre.

 

Reino Unido

Não confunda “Inglaterra” com a “Grã-Bretanha” ou “inglês” com “britânico”: tal confusão pode ser considerada ignorante e desrespeitosa. Os ingleses são naturais da Inglaterra enquanto que britânicos são os cidadãos da Grã-Bretanha, que inclui a Escócia, o País de Gales bem como a Inglaterra. O Reino Unido incorpora a Grã-Bretanha e a Irlanda do Norte. Existem diferenças culturais e linguísticas entre os cidadãos desses uk flagpaíses e regra geral não gostam de ser todos considerados “ingleses”.

Não fale mal da Rainha: não é prudente criticar a monarquia. Criticar os políticos porém é admissível uma vez que os britânicos não estão satisfeitos com a política do país.

Não leve as saudações ao pé da letra: a pergunta “How are you (Como está/s?)?” é uma forma comum de cumprimentar que equilave ao “Hello (Olá)” e não deve ser levado ao pé da letra. A não ser que a pergunta seja feita por um amigo ou familiar, as pessoas não querem necessáriamente saber os detalhes do seu estado. Dar uma resposta séria – falar sobre os seus problemas por exemplo- pode resultar numa situação desconfortável. A resposta que se espera é “Fine thanks, and you(Bem obrigado, e tu/o senhor/a?)?”

 

 

Posted in Dicas, Entretenimento, Europa, Sugestões. Bookmark the permalink.

Deixe a Sua Resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *