Blog da Auto Europe


Rio de Janeiro – A Cidade Maravilhosa

Rio de Janeiro, também denominada por muitos como a Cidade Maravilhosa, é uma cidade culturalmente rica, onde surpresas fascinantes esperam por si em cada esquina. Dramaticamente localizado entre as montanhas e o mar, o Rio é o lar das deslumbrantes Copacabana e Ipanema, famosas pelas suas praias de areia branca e ondas refrescantes, e sempre cheias de gente bonita. A vista do Pão de Açúcar e do Corcovado são simplesmente de cortar a respiração, e a monumental estátua do Cristo Redentor recebe os visitantes de braços abertos!

Desde longos passeios pelo pitoresco bairro de Santa Teresa, uma visita aos Arcos da Lapa ou aos inúmeros teatros históricos, museus e galerias de arte, explorar o Rio de Janeiro será sem dúvida uma experiência única! Vai ser impossível não se deixar contagiar pelo espírito festivo e relaxado dos cariocas, seja durante um jogo de futebol no icónico Estádio do Maracanã, numa conversa informal à beira-mar enquanto desfruta de uma deliciosa água de coco ou durante uma partida amigável de footvolley. Sim, o Rio de Janeiro é uma cidade de maravilhas, tanto pelos seus fantásticos cenários como pelas suas gentes!

Para além das pessoas e das vistas, as festas também tornam esta cidade muito especial. O famoso Carnaval do Rio é o maior festival do mundo, e todos os anos milhares de turistas deslocam-se ao Brasil para assistir às festas de rua, concertos, bailes e desfiles das escolas de Samba, que animam a cidade por (pelo menos) uma semana. A festa da passagem de ano (Réveillon) também atrai visitantes a cada ano. No dia 31 de Dezembro a praia de Copacabana é inundada por pessoas que assistem (algumas até se juntam) ao ritual pagão onde os devotos fazem oferendas a Iemanjá e pedem que os seus problemas sejam levados pelo mar, deslumbram-se com o espectáculo dos fogos-de-artifício e dão as boas vistas ao novo ano.

Atracções a não perder

De frente para o sul do Oceano Atlântico, a segunda maior cidade do Brasil é abençoada com um dos mais belos cenários naturais do mundo, quando se trata de metrópoles. Apesar de já termos feito referência a algumas das atracções que dispensam qualquer introdução, seria impossível mencionar todos os pontos de interesse da cidade num único posto, por isso, compilamos algumas das principais atracções, que acreditamos que não deverá deixar de visitar durante a sua viagem.

Parque Nacional da Tijuca

Parque Nacional da Tijuca

Sendo uma das maiores florestas urbanas do mundo, o Parque Nacional da Tijuca cobre uma área gigantesca com uma paisagem predominantemente montanhosa. É tudo o que restou da Mata Atlântica que envolvia o Rio de Janeiro e ainda preserva o seu verde exuberante, com bonitas árvores, riachos, cachoeiras e picos elevados. Os visitantes que se atreverem a caminhar até ao ponto mais alto do Rio, o Pico da Tijuca, serão recompensados com uma vista expansiva da Baía da Guanabara e da cidade.

Entre os lugares a destacar neste belo parque encontram-se, além das cachoeiras, a Capela Mayrink, cujos muros foram pintados pelo famoso pintor neo-realista Cândido Portinari e inúmeras grutas (Gruta Luís Fernandes, Gruta Belmiro e Gruta Paulo e Virgínia).

O parque é também o lar de muitas espécies de aves e animais diferentes, incluindo iguanas e macacos, que poderá encontrar durante uma caminhada; as trilhas são bem assinaladas e mapas gratuitos são entregues aos visitantes à entrada do parque.

Museu Histórico Nacional

Localizado num arsenal colonial, que data de 1764, o impressionante Museu Histórico Nacional contém relíquias relativas à história do Brasil, desde a sua fundação até os seus primeiros dias como república. Os destaques aqui incluem carruagens imperiais douradas, o Trono de Dom Pedro II, um grande número de pinturas a óleo que ilustram a guerra com o Paraguai e um modelo em tamanho real de uma farmácia colonial.

Existem também representações da cultura indígena brasileira e outras peças curiosas, como a pena que a Princesa Isabel usou para assinar o documento de abolição da escravatura no Brasil.

Lagoa Rodrigo de Freitas

Lagoa Rodrigo de Freitas

Com belas vistas para as montanhas, a Lagoa Rodrigo de Freitas é cercada por uma pista para caminhadas e ciclismo de cerca de 7 km. É possível alugar bicicletas, disponíveis em barracas ao longo da margem leste do lago, assim como barcos a pedais, caso queira ver a cidade desde a Lagoa. Para aqueles que preferem refrescar-se com uma bela caipirinha em vez de pedalar, os quiosques em ambas as margens oferecem snacks e bebidas ao ar livre, algumas vezes acompanhados de música ao vivo nas noites quentes.

Escadaria Selarón – Bairro da Lapa

Escadaria Selarón - Bairro da Lapa

Uma das atracções mais populares do Rio, a escadaria que liga a Lapa com Santa Teresa tornou-se uma obra de arte quando o artista Jorge Selarón decidiu cobrir as escadas com mosaicos coloridos, numa dedicatória à alegria e vivacidade do povo brasileiro.

Localizada na zona da cidade conhecida como “Centro”, o bairro da Lapa foi outrora um “distrito da luz vermelha”. Hoje em dia é conhecida pela sua vida nocturna vibrante, onde o samba e o chorinho se misturam com musicas para dançar e conversas animadas. É o lugar perfeito para encontrar com os amigos (velhos e novos também) e experimentar a cultura local.

Parque Lage

Parque Lage

O Parque Lage é um parque público aninhado no sopé do Corcovado na região do Jardim Botânico. A propriedade pertenceu ao industrialista Enrique Lage e a sua esposa, tendo-se tornado um parque público em 1960. Desde então foram criados muitas trilhas para caminhadas ao longo das florestas subtropicais do Parque Nacional da Tijuca que circundavam a mansão. Actualmente a mansão é o lar da Escola de Artes Visuais do Parque Lage, que apresenta exposições de arte dos estudantes, e do Café du Lage, um deslumbrante café localizado no pátio.

O Parque Lage já apareceu em vídeos musicais de artistas como o Pharell Williams, Snoop Dogg e os Black Eyed Peas, mas mantém-se relativamente tranquilo, uma vez que fica um pouco “fora de mão” para a grande maioria dos turistas.

Jardim Botânico

Jardim Botânico

Localizado a oeste da Lagoa, o Jardim Botânico, abriga mais de 8.000 espécies diferentes de plantas. Datado do início de 1800, no jardim irá encontrar várias espécies maduras, incluindo longas avenidas de palmeiras. Um dos principais destaques deste parque são as 600 espécies de orquídeas, que atraem muitos visitantes. No entanto, aqui também poderá admirar alguns monumentos, fontes, um jardim japonês, um pequeno lago coberto com lírios de água e o novo Museu do Meio Ambiente.

Ilha de Paquetá

Paqueta

A Ilha de Paquetá na Baía de Guanabara, que já foi um destino turístico muito popular, é hoje em dia o lugar ideal para quem quer escapar a azáfama da cidade por algumas horas. Não existem carros na ilha! Todo o transporte é feito de charretes, bicicletas (disponíveis para alugar) ou mesmo a pé. Existe na ilha um certo charme decadente, oriundo dos seus edifícios coloniais, praias modestas e actividades comerciais estritamente viradas para a classe trabalhadora, o que torna a Ilha de Paquetá muito especial.

Igreja de Nossa Senhora de Candelária

Construída entre 1775 e 1894, Nossa Senhora de Candelária foi a maior e mais rica igreja da época imperial. A construção da igreja original terá sido uma iniciativa de um capitão que quase naufragou durante uma viagem. Ao retornar à terra são e salvo, o capitão jurou construir uma igreja para agradecer o milagre.

A grandiosidade actual da igreja, com uma combinação interior entre os estilos barrocos e renascentistas, deve-se a um design levado a cabo mais tarde. A cúpula, fabricada exclusivamente com pedra calcária enviada de Portugal, é uma das suas características mais marcantes.

Confeitaria Colombo

Confeitaria Colombo

Fundada em 1894 a Confeitaria Colombo foi, na virada do século XX, o café mais proeminente do Rio. Era o lugar onde aconteciam grandes bailes e chás da tarde para as “senhoras” da classe alta. A decoração inclui espelhos em moldura de jacarandá vindos da Bélgica, vitrais oriundos da França e azulejos de Portugal. Actualmente, a Confeitaria Colombo, considerada Património Histórico e Artístico, serve uma grande variedade de doces e salgados, como pão de ló, pastel de nata, pequenas tortas, biscoitos amanteigados e a deliciosa coxinha com queijo cremoso. Vai com certeza ser o final perfeito para um dia de visitas.

Como pode ver, o Rio de Janeiro é realmente uma cidade bonita, excitante, divertida, acolhedora, emocionante e sim, maravilhosa!

Posted in Eventos, Informações, Sugestões, Viagens. Bookmark the permalink.

One Response to Rio de Janeiro – A Cidade Maravilhosa

  1. Pingback: Sobre o Rio 2016 | Blog Auto Europe

Deixe a Sua Resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *