Blog da Auto Europe


As férias offline perfeitas

As férias offline perfeitas

Será possível ter umas férias offline nos dias de hoje? Afinal, quando estamos de férias gostamos de partilhar aquela praia paradisíaca ou o pôr-do-sol perfeito, as especialidades culinárias, os monumentos. As férias estão cheias de estímulos coloridos para partilhar nas redes sociais. De acordo com a mais recente pesquisa encomendada pela Auto Europe, descobrimos que os europeus passam em média 2.8 horas por dia a utilizar uma diversidade de dispositivos tecnológicos, como o telemóvel, o I-Pad, o Kindle ou mesmo o computador. Desse tempo, 2 horas são passadas exclusivamente nas redes sociais. Enquanto que cerca de 43% dos participantes afirmam que não utilizam as redes sociais para partilhar com os amigos o que estão a fazer, cerca de 26% dos participantes admite que faz 1-2 publicações por dia durante as férias.

Não vos parece um pouco assustador verificar que passamos tanto tempo num mundo virtual e online onde todos partilhamos que estamos bem, bonitos e felizes? Em resultado disso, tem-se criado uma imagem errada da vida real e algumas pessoas sentem-se inclusivamente mais tristes ou deprimidas porque não têm histórias tão interessantes ou fotos tão fantásticas para partilhar também. Esse movimento viciante de deslizar o ecrã para ver as novidades fantásticas partilhadas pelos amigos, faz-nos perder horas vitais da vida real que nos está a passar simplesmente ao lado. Neste momento, muitos de nós estão fechados num mundo online do tamanho do ecrã do telemóvel e nem conseguimos imaginar os sorrisos que perdemos, as amizades que não fazemos, e os pormenores especiais do dia-a-dia que deixamos passar.

Telemóvel, aplicações e redes sociais
As pessoas fazem peregrinações como uma forma de se conhecerem a si mesmas. Assim que uma pessoa tenha um conhecimento profundo sobre si mesmo, não precisará tanto da Internet. Talvez uma viagem ao nosso interior seja a melhor viagem que podemos fazer? Isto é, quando não somos perturbados pelo desejo de verificar as redes sociais ou navegar pela Internet a cada 5 minutos, e começamos a apreciar verdadeiramente o tempo livre.

Parece ser uma tarefa impossível, a de limpar a mente e de não pensar em nada. Será mesmo possível? Os gurus da meditação dirão que é apenas uma questão de prática e têm toda a razão. Tudo é uma questão de prática! Este tipo de férias mais espiritual tem cada vez mais adeptos nos dias de hoje e as agências de viagens começam a oferecer novos pacotes de férias offline para dar resposta a esta crescente procura. Não é tentador não pensar em nada? Afinal, os nossos cérebros também merecem uma verdadeira pausa.

O que deixaria a sua mente livre? Uma caminhada na montanha, um momento de meditação na praia, ou talvez o isolamento total num mosteiro budista? Deixamos um desafio a todos: deixar os telemóveis em casa e simplesmente sair. Vamos colocar esta ideia em prática antes de irmos de férias, para nos habituarmos a estar offline gradualmente. Depois, quando for de férias já estará mais desligado da vida social online e pode chegar ao ponto de nem sentir vontade de fazer nenhuma publicação nas redes sociais e aproveitar verdadeiramente as suas férias, onde está, com quem está, a fazer o que quiser! Ninguém precisa de saber tudo da sua vida!

E vocês, fazem muitas publicações em tempo de férias? Ou já são adeptos de férias offline? Contem-nos tudo no espaço de comentários abaixo. E, se tiverem dicas, partilhem connosco! Boas férias offline 🙂

Posted in Férias. Bookmark the permalink.

Deixe a Sua Resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *