Blog da Auto Europe


Explosão de cores amarelo, vermelho, azul

Explosão de cores: amarelo, vermelho, azul

Amarelo: Hoi An

As horas durante o nascer do sol fazem da cidade vietnamita Hoi An um lugar bem especial. Os raios de sol matinais oferecem uma atmosfera de conto de fadas ao reflectir a cor do ouro por toda a cidade. A cidade histórica desperta lentamente para a luz amarela brilhante. a interacção do sol e as fachadas amarelas radiantes da Cidade Velha.

Existem muitas teorias mas ninguém sabe ao certo porque é que as casas de Hoi An são pintadas de amarelo. A cor amarela é valorizada pelos vietnamitas como símbolo de prosperidade, sorte e respeito e, como tal, pode ter sido escolhida para dar um toque especial a esta cidade. O Multiculturalismo pode ser visto em Hoi An no seu melhor, com templos japoneses espalhados entre as casas de madeira, habitados por comerciantes chineses. Também se pode observar edifícios decadentes projectados no estilo colonial francês.

Classificada como Património Mundial da UNESCO, a Cidade Antiga conseguiu preservar o seu carácter atmosférico. A vida quotidiana gira em volta do Rio Thu Bon, com a parte traseira dos edifícios virada para o rio, por forma a simplificar o transporte e carregamento de mercadorias; e o mercado central, rico em produtos locais frescos. Numerosos becos, canais e pontes bem como, locais históricos, foram mantidos intactos até aos dias de hoje.

Realmente não se verificaram muitas mudanças em Hoi An. Apenas o fluxo de turistas tem aumentado, que desejam explorar o lugar onde o tempo permanece imóvel.

Yellow, Hoi An

Vermelho: Roussillon

Situada numa colina na região de Provence-Alpes-Côte d’Azur, a pequena vila de Roussillon não tem nada a ver com as típicas aldeias provinciais. Sendo as suas ruas embebidas na cor ocre e a região rural abundante com esta cor também, Roussillon é uma vila russet-vermelho pitoresca, considerada como uma das mais belas vilas de França.

Com nenhum ponto turístico ou local histórico de que se possa orgulhar Roussillon é, ainda assim, deslumbrante e atrai visitantes durante todo o ano, especialmente entusiastas da natureza e das artes.

Os penhascos ao redor da vila convidam a uma caminhada ao longo da famosa Trilha Ochre onde será hipnotizado pela explosão de tons vermelhos e pela flora diversificada típica desta região. A areia de cor ocre é colorida pelo óxido de ferro da sujidade e apresenta nuances que variam desde o amarelo pálido até ao violeta escuro.

Red, Roussillon

Azul: Chefchaouen

Saída de um livro de ilustração, a vila azul em Marrocos é uma zona de retiro tranquila, colocada sob um pano de fundo de terra estéril. Paredes de casas pintadas de azul ao longo de ruas e escadarias estreitas, contrastam com os telhados de vermelho vivo das medinas, construídos sob a influência andaluza. Mais uma vez, não se sabe o porquê de os refugiados judeus vindos da Europa na década de 1930, escolherem a cor azul. Muito provavelmente a escolha da cor tem uma razão religiosa, com os fios de cor azul tecidos em xailes para rezar que lembraria os crentes do poder eterno de Deus.

Não espere por um ambiente urbano, ao invés, prepare-se para uma aventura única na sua vida, marcada por vistas incríveis, comida deliciosa, e bazares tradicionais onde sempre pode praticar as suas habilidades de regatear.

Blue, Chefchaouen

Apesar de a Auto Europe não estar, ainda, a operar no Vietname, apresentamos ofertas de aluguer de carros em muitos países asiáticos, como é o caso da Tailândia. Para visitar Roussillon, recomendamos o aluguer de carros em Marselha. E para visitar Chefchaouen pode alugar um carro em Rabat ou Fez.

Posted in Dicas, Viagens. Bookmark the permalink.

Deixe a Sua Resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *