Blog da Auto Europe


Descubra a Europa em 24 deliciosos pratos – Parte 2

Se este Verão, por qualquer motivo, não pôde viajar, não desespere. Porque nós sabemos que a época das férias é a altura ideal para explorar novos destinos e descobrir novos sabores, trouxemos-lhe uma lista com alguns dos mais deliciosos pratos europeus, para que possa partir numa jornada de sabores e descobrir as delícias de alguns países do Velho Continente. Sim, porque a Europa é muito mais do que história, reis e rainhas, castelos e igrejas. É também o lar de algumas das mais fantásticas iguarias do mundo!

Como já deve ter imaginado, não seria possível mencionar todos os países numa única publicação, por isso escolhemos 24 destinos e os seus respectivos pratos tradicionais. Continue a ler, garantimos que vai valer a pena!

Itália

Pizza

A pizza encontra-se dividida em duas categorias: a pizza italiana e a pizza do resto do mundo. Pode parecer uma categorização um pouco extrema, principalmente tendo em conta que os ingredientes utilizados são basicamente os mesmo, mas uma vez que experimenta a verdadeira pizza italiana irá perceber esta categorização. Cada um dos restaurantes ou pizzarias tem o seu molho especial, basílico e mozzarella (para além de outros ingredientes, dependendo da pizza), e cada uma das combinações leva-nos numa inesquecível viagem de sabores.

Pratos europeus - Pizza

Pizza

Lituânia

Cepelinai su mėsa

Cepelinai ‘(ou Didžkukuliai) é há muito tempo considerado o prato nacional da Lituânia. É preparado com batatas raladas normalmente recheadas com carne moída (em alguns casos substitui-se a carne por requeijão). O formato das bolas de batata assemelha-se a Zepelim e é servido com molho de sour cream ou pedaços de bacon.

Grécia

Moussaka

A moussaka pode-se comparar a uma lasanha sem pasta. Sendo talvez o prato grego mais popular, esta iguaria consiste em camadas de beringela salteada, carne moída, tomate, cebola, alho, molho bechamel e queijo grelhado que são normalmente cobertas com queijo. Leva-se a caçarola ao forno e deixa-se assar até atingir o dourado perfeito!

Pratos europeus - Moussaka

Moussaka

Luxemburgo

Judd mat gaardebounen

Considerado por muitos o prato nacional luxemburguês, o judd mat gaardebounen (cachaço de porco fumado) é um prato robusto e confortante, preparado com carne de porco defumada e salgada (judd) e favas (gaardebounen). O cachaço de porco é primeiramente posto de molho durante uma noite e no dia seguinte colocado numa panela com vegetais e especiarias como folhas de louro e cravinhos e cozinhado em lume brando por várias horas, até enternecer. Uma vez pronto, o porco é cortado em tiras grossas e servido com favas, batatas cozidas e tiras de toucinho.

Malta

Fenkata

Tradicionalmente uma fenkata (guisado de coelho) consistiria em dois pratos: o primeiro seria uma tigela grande de esparguete com molho de coelho e o segundo seria a carne propriamente dita, cozinhada num molho similar e servida com ervilhas e batatas fritas.

Este prato tornou popular depois de ser retirada a proibição de caça no final do século XVIII e hoje em dia é considerado o prato nacional de Malta.

Holanda

Stroopwafel

Conhecido em todo o mundo, o stroopwafel é sem dúvida o produto de pastelaria mais famoso da Holanda e é um tipo de biscoito muito particular. Um waffle (“wafel”) composto por dois biscoitos feitos com um polme denso, recheados com uma calda espessa (o “stroop) e decorados com linhas horizontais, o stroopwafel tem a sua origem em Gouda, uma cidade a sul de Amsterdam, também famosa pelo queijo com o mesmo nome. Diz-se que a primeira receita foi preparada por um confeiteiro com sobras da padaria adoçadas com uma calda. E por ter sido originalmente preparado com sobras, o stroopwafel foi na altura denominado de biscoito dos pobres. Hoje em dia a massa para os biscoitos é confeccionada com manteiga, farinha, fermento, leite, açúcar mascavado e ovos.

Pratos europeus - Stroopwafel

Stroopwafel

Polónia

Pierogi

Uma espécie de pastel cozido, os pierogi são um dos ícones da cozinha polaca e com certeza um dos pratos mais reconhecidos mundialmente. A popularidade dos pierogi provavelmente deve-se ao facto de poderem ser servidos sob uma grande variedade de formas e sabores (doces e salgados) tornando-se assim um prato muito diverso. Podem ser recheados com puré de batata, chucrute, espinafre, queijo, carne, cogumelos, repolho ou frutas frescas, como o pêssego, a maça, o morango ou a cereja. As variedades doces são normalmente servidas com creme de leite e as salgadas com molho e pedaços de bacon.

Portugal

Bacalhau

Mais do que um prato tradicional, o bacalhau é quase uma obsessão nacional e tem um estatuto tão especial na cozinha portuguesa que foi consagrado como o “fiel amigo” dos portugueses. Ocupando um lugar de destaque na ementa de épocas festivas como o Natal e a Páscoa o bacalhau pode ser confeccionado de diferentes maneiras, de acordo com a ocasião. Existem centenas de receitas com bacalhau, mas entre as mais clássicas encontram-se as de Bacalhau à Gomes de Sá, Bacalhau com natas, os bolinhos de bacalhau e as pataniscas de bacalhau.

Pratos europeus - Bacalhau

Bacalhau

República Checa

Palačinky

Palačinky são panquecas finas, semelhantes aos crepes franceses mas feitas com um polme e um método de confecção diferentes. Tradicionalmente eram servidas como um rolo mas hoje em dia são muitas vezes dobradas em forma de triângulo e empilhadas de forma aleatória, numa deliciosamente artística. Normalmente são acompanhadas por uma mistura de compotas, frutas, queijo, gelado, natas e, ocasionalmente, nozes.

Roménia

Sarmale (rolos de repolho)

Os rolos de repolho são preparados com carne moída (normalmente porco, mas a carne pode variar) misturada com arroz e outros ingredientes, enrolados em folhas de repolho. Em algumas regiões são acompanhados com polenta e creme azedo (sour cream) mas os acompanhamentos podem variar.
Os especialistas consideram que os rolos ficam ainda mais deliciosos quando cozidos num pote de ferro sobre um pequeno fogo. E para ganharem um sabor ainda mais intenso, deve-se deixá-los descansar por 2-3 dias antes de servir.

Inglaterra

Fish & Chips

O prato típico mais famoso da Inglaterra e um dos favoritos dos locais, fish and chips faz parte da ementa de comida rápida no país desde 1850. Normalmente consiste em dois filetes de peixe frito envoltos em polme e servidos com batatas (também fritas). Inicialmente, sendo uma comida barata e rápida vendida a operários, o fish and chips era servido em folhas de jornal. Pouco a pouco deixou de ser considerado um prato para a classe operária e hoje em dia é servido em restaurantes por todo o país.

Pratos europeus - Fish & Chips

Fish & Chips

Suécia

Köttbullar

Mesmo as pessoas que não saibam muito sobre a cozinha da Suécia já devem, com certeza, ter ouvido falar das fantásticas almôndegas suecas (especialmente desde que o IKEA “conquistou” o mundo). Combinado com puré e um molho quente de arando-vermelho, é a refeição perfeita: saborosa, saciante e com um toque doce. A opção perfeita para jantares com grupos grandes!

Como poder imagina, seria complicado mencionar todas as iguarias europeias nestas duas publicações, por isso compilamos as nossas favoritas. Acha que nos esquecemos de algum prato que merece a pena ser mencionado? Não hesite em partilhar connosco nos comentários.

Bom apetite!!

Posted in Europa, Uncategorized, Viagens. Bookmark the permalink.

Deixe a Sua Resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *